Google

Seguidores

28/07/11

Gatinha sobrevive a ciclo de 1 h em lava-roupas

A gatinha Princess (Foto: BBC)

Uma gatinha sobreviveu a um ciclo de uma hora dentro de uma máquina de lavar junto com a roupa suja.
Princess, uma gatinha de oito semanas que vive com a dona, Susan Gordon, na Escócia, foi levada para a emergência veterinária já à beira da morte, mas conseguiu escapar.
'Coloquei a roupas na máquina, pus o sabão, fechei a porta e liguei a máquina. Depois, dei as costas e fui assistir televisão', disse Susan.

Uma hora mais tarde, quando o marido abriu a porta do eletrodoméstico para recolher a roupa limpa, encontrou o animalzinho desorientado e frágil.
'A pobrezinha estava tremendo muito. Peguei uma toalha e a enrolei', disse Susan. 'Fiquei com ela perto de mim. Ela estava se tremento muito, em estado de choque.'

Princess foi levada para o veterinário com hematomas, sangramento no nariz e olhos irritados pelo sabão. Ela ficou sob tratamento durante três dias.
Tratada, aquecida e recuperada, a gatinha está de volta à casa e goza de boa saúde.
'Agora eu sempre checo a máquina antes de colocar a roupa', disse a dona.


da BBC

Coreia do Sul anuncia ter criado cão modificado geneticamente que brilha

A cadela Tagon e seus filhotes (Foto: Reuters)

Cientistas da Coreia do Sul afirmaram na quarta-feira (27) que criaram um cão que brilha, usando uma técnica de clonagem que pode ajudar a curar doenças em humanos, como os males de Alzheimer e Parkinson. A informação é da agência Yonhap.

Uma equipe da Universidade Nacional de Seul disse que a beagle fêmea, batizada de Tegon e nascida em 2009, fica com um brilho verde fluorescente sob luz ultravioleta, quando toma um certo tipo de antibiótico, a doxiciclina

Dois anos de testes foram feitos. A habilidade de brilhar pode ser "ligada e desligada", adicionando-se ou não a droga à comida da cadela.
"A criação de Tegon abre novos horizontes, uma vez que o gene injetado para fazer a cadela brilhar pode ser substituído por genes que causam doenças graves em humanos", disse Lee Byeong-chun, o pesquisador-chefe, segundo a agência.

Ele disse que o cão foi criado usando tecnologia de tranferência de material nuclear de células que a universidade usou para fazer o primeiro cão clonado do mundo, Snuppy, em 2005
Segundo ele, como há 268 doenças em comum entre humanos e cãos, criar cães que mostram esses sintomas artificialmente pode ajudar a criar tratamentos para doenças que afligem os humanos.
A pesquisa tomou quatro anos e gastou US$ 3 milhões, segundo a Yonhap. Os resultados saíram na publicação internacional 'Genesis'.

Patinha de Tagon 'brilha' quando submetida a luz ultravioleta (Foto: Reuters)
 
Via Reuters

27/07/11

Leão tetraplégico Ariel morre em SP



O leão tetraplégico Ariel, de 3 anos, que mobilizou uma corrente de solidariedade na internet, morreu na tarde desta quarta-feira (27). Ele sofria de uma doença degenerativa autoimune que não foi identificada e passava por acompanhamento médico em São Paulo.

Segundo Raquel Ferreira Borges da Silva, sua proprietária, "foi feito tudo por ele". Chorando, ela diz que "ele nunca mais vai sofrer". "Fará muita falta, mas vai viver sempre em nossos corações."
O felino também sofreu uma crise convulsiva nesta terça e apresentou acumulo de líquido ao redor do pulmão.

A plasmaférese, método terapêutico que permite separar elementos do sangue, como o plasma, que contém os anticorpos produzidos pelas doenças autoimunes, começou a ser ministrada por veterinários na semana passada. O material era proveniente de doações de sangue de leões do Parque Ecológico da Americana e do Zoológico de Piracicaba, ambos no interior de São Paulo.

Desde a semana passada, o leão foi submetido a três sessões, o que o desgastou.
Agora, o corpo do animal será levado para a Universidade de São Paulo (USP), onde passará por necrópsia. Depois, será levado para Maringá (PR), para ser enterrado. Ainda não há data para que isso aconteça.

 
Leão fez tratamento e passou mal na terça; ele morreu nesta quarta-feira (Foto: Caroline Hasselmann/G1)

G1

26/07/11

Cadela que foi enterrada viva em Blumenau (SC) se recupera




Está se recuperando a cadela que foi enterrada viva, segunda-feira, em Blumenau (SC). O animal foi enterrado por uma senhora de 68 anos. Ela teria se sentido incomodada com a cadela.
A cadela foi enterrada segunda-feira (25) pela manhã. Ela foi resgatada por policiais militares depois de ficar cerca de 10 horas debaixo da terra. O animal estava fraco e com hipotermia.

A cadela foi levada para receber atendimento veterinário. Depois de recuperada, ela ficará sob os cuidados da Associação de Proteção aos Animais de Blumenau (Aprablu).
Casos de maus-tratos aos animais podem ser denunciados para a Polícia Militar, através do telefone 190.

 Foto:Divulgação
fonte: ANDA

Manutenção de leão solitário de zoo de MS irá custar R$ 27 mil, diz ativista

Deve custar pelo menos R$ 27 mil a mudança e a manutenção do leão Simba, que vive solitário em um zoológico de Ivinhema, cidade a 297 quilômetros de Campo Grande, para o Recanto dos Gnomos, uma organização não governamental (ONG) que abriga animais vítimas de violência e abandono, em Cotia, São Paulo.
O cálculo foi feito pela psicóloga Fátima Nogueira, ativista ambiental e criadora de uma comunidade da internet formada por mais de mil seguidores, que se mobilizou pela história do animal. Segundo Fátima, somente o aluguel do caminhão, que transportará a jaula do felino de Mato Grosso do Sul para São Paulo, custará R$ 3 mil.

“Do valor total, R$ 24 mil serão destinados para a manutenção pelo período de dois anos no recanto. Sozinha, a ONG não tem condições de bancar a manutenção do animal, que vai custar aproximadamente R$ 1 mil por mês, entre despesas com tratador, água, energia elétrica, medicamentos, veterinário e até com a castração do felino”, explica.

A ativista diz que no cálculo ainda não estão computados as despesas com a viagem, estadia e alimentação da equipe multidisciplinar que vai preparar o animal para a viagem e depois acompanhá-lo no translado
Conforme Fátima, a viagem do solitário leão ainda não tem data prevista, já que depende dos recursos financeiros, mas para acelerar o processo foi iniciada uma campanha de arrecadação nas redes sociais.

Planejamento
A ativista diz que enquanto os recursos não são obtidos já foi iniciado o planejamento da viagem do leão para o seu novo lar. Ela explica que uma equipe de sete pessoas viajará de São Paulo para Mato Grosso do Sul para acompanhar Simba na jornada. Dois grupos vão viajar com o felino no caminhão e o restante vai voltar para Cotia para preparar a recepção ao animal.

Doações
Sobre as doações, Fátima comenta que um grande número de pessoas já está colaborando com a campanha. “Recebemos a doação de um quadro, de uma bolsa de marca e um netbook, que iremos rifar. E tudo é controlado e transparente. Tudo é postado na nossa página”, comenta a ativista. “Além dessas doações, nós estamos lutando para conseguirmos patrocínios também, mas tudo ainda incerto”, completa.

G1 MS
foto: Divulgação/Ivinoticias

20/07/11

Andorinha alimenta filhote em pleno voo na Alemanha

Uma andorinha foi flagrada na terça-feira (19) alimentando um filhote enquanto estava em pleno voo em um lago em Seehof, nordeste da Alemanha. A cena foi registrada pelo fotógrafo Jens Buettner.
  Foto: Jens Buettner/AFP

G1

a funny doggie is on a bike

16/07/11

Donos de animais pagam para imunizar bichos contra raiva em SP

Os donos de gatos e cachorros estão preferindo pagar a vacina contra raiva para deixar os bichos imunizados. Isso porque a campanha de vacinação contra a doença, que deveria começar em agosto, ainda está indefinida em todo o estado de São Paulo. As cidades estão esperando as doses que são distribuídas pelo Ministério da Saúde, mas a entrega está atrasada porque o Governo Federal trocou o laboratório fornecedor.

No ano passado, mais de 200 animais morreram depois de tomar a dose. A estudante Camila Bibiano resolveu procurar uma clínica particular para vacinar seu cachorro neste ano por causa da demora. “Já comecei a vacinar ele em um hospital particular.”

O operador de câmera Vitor Ferrari Lombardi também se adiantou e vacinou seu animal. “Já vacinei meu cachorro. Falta um só porque é muito bebê. Então, daqui a 10 dias falta a última vacina que ele tem que tomar.”
Serão distribuídas para a rede pública de todo o país 10 milhões de doses importadas. É a mesma vacina aplicada nas clínicas e hospitais particulares. Em setembro, mais 35 milhões de doses vão ser compradas de um laboratório brasileiro. Até lá, o Ministério da Saúde garante que tem estoque para situações de emergência.

“No momento, nós temos vacina. Mais de 1,5 milhão de doses em estoque. É o chamado 'estoque estratégico' do Ministério da Saúde, que serve para qualquer estado do Brasil. Ou seja, se for identificado em qualquer município do estado de São Paulo que há a possibilidade de circular o vírus da raiva canina, imediatamente, essa vacina é distribuída e é feita essa vacinação de bloqueio”, explica o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa.

Com o atraso da campanha, quem tem gatos e cachorros deve ficar atento. “A vacinação é anual. O ideal é trazer antes. Mesmo porque, em época de férias, as pessoas que querem viajar com animalzinho não podem viajar sem estar com a vacina atualizada”, fala o veterinário Mario Marcondes.
A raiva é uma doença que pode ser transmitida para o homem. O estado de São Paulo não registra casos de raiva em humanos há nove anos.

G1

07/07/11

Filhote de onça atropelada em BR é sacrificada em Campo Grande

A onça parda fêmea, de cinco meses de idade, que havia sido atropelada na BR-359, em Alcinópolis, a 387 quilômetros de Campo Grande, teve que ser sacrificada nesta quarta-feira (6). O animal teve fratura compressiva de 13ª vértebra toráxica e ruptura total de medula espinhal, o que impossibilitava qualquer procedimento cirúrgico.

O veterinário Ricardo Salomão, da Uniderp-Anhanguera, disse que até haveria possibilidade de cirurgia por conta da fratura. “A gente tenta fazer isso em cães e gatos e já é difícil, em um animal silvestre é dez vezes mais difícil”, disse. Mas, por causa da ruptura total de medula espinhal, este procedimento seria impossível.

Para a eutanásia, segundo Salomão, a onça foi submetida a pré-medicação anestésica para que fosse sedada e, posteriormente, anestesia geral. Em seguida, foi aplicada uma dose de cloreto de potássio, que provocou a parada cardiorrespiratória.

A onça foi encontrada na terça-feira (5) por um caminhoneiro que passava pela rodovia. Ele chamou a polícia e o animal foi transferido para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras), em Campo Grande.

Cirurgia seria procedimento impossível por conta de fratura e ruptura (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

G1 

05/07/11

Vereadores de Osasco votam a favor de assassinatos de Cães e Gatos.

Há menos de 30 dias após a comemorações pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, a cidade de Osasco deu um passo atrás na preservação da vida animal.
O prefeito Emídio de Souza vetou o Projeto de Lei 25/2010, de autoria do vereador José Gaspar, que impede a eutanásia de animais saudáveis no Centro de Controle de Zoonoses caso não encontrem após serem recolhidos.

Após o veto, o projeto voltou para a Câmara dos Vereadores, os quais aprovaram, em maioria, a decisão do prefeito. Quase todos os vereadores da base aliada ao prefeito escolheram que os animais abandonados que o CCZ recolhe devem ser mortos caso não sejam adotados no prazo estipulado e que a vida de um animal nada vale na cidade de Osasco.

Embora frequentemente haja discursos na Câmara Municipal a favor da vida e do meio ambiente, na hora de agir, faltou coragem e coerência com o discurso. Fala-se uma coisa mas faz-se outra. Será que os poderes Executivo e Legislativo são realmente independentes na cidade? Ou estão profundamente atrelados?

O tipo de incoerência que vimos nessa votação faz crer que os votos parecem ser alienados em troca de benesses do poder. Ou seria ainda uma espécie de "voto de cabresto", onde aquele que vota não tem, na verdade, uma opção a não ser seguir as orientações do coronel.

VEJA ABAIXO A LISTA DE VEREADORES QUE VOTARAM CONTRA OS ANIMAIS:
Antônio Aparecido - Toniolo - PRP
Antônio Pedro da Silva (Toninho Enfermeiro) - Sem Partido
Cláudio Henrique da Silva - (Cláudio da Locadora) - PV .
Eduardo Pereira Martins - (Eduardão) - PSB
Fumio Miazaki - PRP - João Gois Neto - PT
Josias Nascimento - PP
Luiz Clóvis Medeiros - (Cuca) - PTB
Mário Luiz Guide - PSB
Nelson Matias da Silva -PT
Valdomiro Ventura da Silva -PSL
Valmir Prascidelli -PT

fonte: Meio Ambiente Urgente

Filhotes de cães-guia são doados para treinamento em SP

Filhotes de cães serão doados para 32 famílias nesta terça-feira (5) em São Paulo. Os donos provisórios terão a missão de ajudar os cachorros, que poderão se tornar guias de pessoas com deficiência visual, a se acostumar a conviver em diversos ambientes.

A ideia da ação foi do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP). Os animais, das raças labrador e golden retriever, têm entre 3 e 4 meses de idade. “A família devolve quando ele tiver 1 ano. Esse é o sacrifício”, afirmou o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf. Eles, então, serão encaminhados ao centro de treinamento do Instituto Meus Olhos têm 4 patas para adestramento intensivo e especializado.

Nessa segunda etapa, o cachorro será avaliado, permanentemente, por treinadores qualificados. O treinamento tem duração de 6 a 8 meses, dependendo da evolução do animal. No terceiro momento, os cães escolhem seu futuro dono e passam por um período de instrução.
Os cães serão doados gratuitamente a industriários com deficiência visual previamente selecionados pelo Sesi. “Ele trabalha até os 7 anos com o deficiente visual. Depois, se aposenta”, completou Skaf.

G1

03/07/11

Portal lança campanha de apoio a cães abandonados em Portugal

Com o objetivo de angariar alimento para mais de uma centena de cães da Associação de Proteção de Cães Abandonados (APCA), o portal Coisas disponibiliza, durante um mês, uma área de campanha, que reúne fotografias e informações sobre todos os animais. Os interessados em ajudar têm apenas de escolher um cão, através do seu perfil, e clicar no botão “Alimentar”. À medida que os cliques vão sendo feitos, um gráfico em forma de osso vai sendo preenchido e quando for preenchido na totalidade, a APCA recebe dez quilos de ração.
 
A ideia é aproveitar os recursos e potencialidade da Internet, através dos sites do grupo FixeAds, ao qual pertencem também o site Leilões.net e o StandVirtual, que, em conjunto, recebem mais de 500 mil visitas por dia. Além disso, a página do evento no Facebook e o perfil do Coisas também deverá trazer outros voluntários para a causa, até porque é completamente grátis clicar no botão “Alimentar”. Na rede social, é ainda possível partilhar com os amigos a informação e angariar mais donativos de uma forma mais rápida.

É ainda possível, através da acção “Alimente um Cão com o Coisas”, adotar um animal, basta responder ao anúncio ou contactar a associação através do número de telemóvel que é disponibilizado.  A APCA, criada em 1992, tem como missão acolher cães abandonados, tratá-los e encaminhá-los para novos lares, onde sejam acolhidos como parte integrante das suas novas famílias.
O objetivo da ação é também consciencializar e sensibilizar as pessoas para um problema que tem se agravado a cada ano, sendo que o Verão, altura em que acontece a campanha, é quando as pessoas mais abandonam os seus melhores amigos, uma vez que vão para férias e não se dedicam a procurar um local seguro onde ficarem.

A APCA é uma associação privada, sem fins lucrativos, que tem, atualmente, 180 cães no seu canil, em São Pedro de Sintra. Todos os cães que são adotados na associação são entregues com a vacinação completa e desparasitação, sendo que a APCA conta com apoio veterinário no canil.  Apostam também  na identificação dos cães adotados, pelo processo de introdução de um microchip subcutâneo, combatendo dessa forma o abandono ou perda de animais, permitindo a sua rápida e fácil identificação quando capturados. Sem qualquer apoio do Governo, o funcionamento da organização e a sobrevivência dos animais é resultado exclusivo das doações e das contribuições dos seus associados.

Fonte: Greensavers

02/07/11

EUA têm concurso de bichos de estimação fantasiados de ETs

O gato Darius, da raça Sphynx, participa do festival de animais de estimação fantasiados de alienígenas em Roswell, no estado americano do Novo México, neste sábado (2) (Foto: AP)

 Os cães Blossom e Rico Suave também competiram. A cidade, palco de um famoso suposto incidente de contato com extraterrestres em 1947, faz neste fim de semana sua 'festa dos OVNIs' anual (Foto: AP)

do G1

Bombeiros resgatam cachorro preso em bueiro no Paraná

Os bombeiros resgataram neste sábado (2), em Londrina, no Norte do Paraná, um cachorro que caiu em um bueiro e percorreu a galeria pluvial da cidade. Os moradores acionaram o Corpo de Bombeiros, que teve que quebrara asfalto em volta para conseguir salvar o animal.

O resgate foi na Rua Serra da Esperança, no Jardim Bandeirantes. Segundo a vizinhança, o cachorro caiu a vários metros do local, em um boca-de-lobo que estava com a tampa quebrada.
O cachorro estava bastante assustado e foi preciso puxá-lo. Ele não se feriu.

Os bombeiros tamparam o bueiro onde o animal caiu, mas o risco continua. Moradores e comerciantes dizem que não é a primeira vez que incidentes acontecem por causa de bueiros abertos.



Do G1 PR, com informações da RPC TV de Londrina